Se o actual serviço público de recolha de lixo é aceitável, ficará melhor servida a Cidade se esse serviço for entregue a privados?

Em cidades em que aconteceu a privatização da recolha de lixos, estas ficaram mais sujas e degradou-se o serviço prestado às populações. Deve o Funchal seguir por essa via?


Diz o Presidente da Câmara Municipal do Funchal que razões economicistas justificam a privatização da recolha de lixo no concelho. Acha aceitável que motivos economicistas ponham em causa a boa imagem do Funchal e a qualidade dos serviços públicos prestados à população?



A posição da CDU


A CDU lutará contra a entrega da recolha dos resíduos sólidos a uma empresa privada pela natureza da decisão que tende a privatizar serviços públicos essenciais para a cidade e para os cidadãos.

Consideramos importante alertar e mobilizar a opinião pública contra as formas, por mais encapotadas que sejam, de privatização de mais um serviço que deveria ser público e gratuito.

Porque temos a certeza, fundamentada em tantas das experiências falhadas em Portugal, de que a recolha de lixo feita por uma empresa privada não será melhor nem mais económica do que a operada pelos serviços municipais. O serviço só iria piorar substancialmente!

É preciso travar esta privatização!